Arquivo de Tags tecnologia

As pessoas às vezes me perguntam: “Qual é o conceito mais importante na economia política?” A resposta é fácil, mas sutil: inovação sem permissão, uma crença dominante em permitir experimentos com novas tecnologias e com novas plataformas de negócios que utilizem essas tecnologias. Muito tem sido escrito sobre por que esse vago conceito é tão poderoso (meu guru sobre o tema é Adam Herer, autor de Permissionless Innovation). A ideia está no cerne do que Friedrich Schiller, filósofo e poeta alemão, escreveu em uma carta a um amigo em 1793, onde descreve a beleza do "Englische Tanze" (dança inglesa): Eu não conheço uma imagem melhor para o ideal de uma…

Os temores acerca da inteligência artificial parecem estar em todos os lugares. Um dos seus redutos favoritos é o Amazon.com, onde vários livros – como o Rise of the Robots de Martin Ford – preveem o fim do trabalho. Eles seguem um caminho bem feito. Vinte e dois anos atrás, Jeremy Rifkin escreveu The End of Work. Quase imediatamente, entramos em um dos maiores períodos de criação de emprego na história. O fim do trabalho é algo que nunca precisamos temer. Ele não se esgotará até não haver mais nada que queremos. Trabalhos são apenas coisas que fazemos Trabalhos são apenas tarefas que realizamos para produzir e obter as coisas…

No quarto capítulo de O caminho da servidão de Hayek, ele aborda especificamente a questão dos monopólios. Especificamente, o mito "de que as mudanças tecnológicas tornaram a concorrência impossível em um número cada vez maior de áreas, e que a única escolha que nos resta é o controle da produção por monopólios privados ou o controle governamental." Hayek explica como esse medo de que a tecnologia acabe necessariamente gerando monopólios se manifestou em sua própria época. À medida que máquinas que substituem o trabalho se tornaram norma quando o assunto era produção em massa, muitas empresas menores acreditaram que a inovação tecnológica as tornava economicamente vulneráveis. A tecnologia gerou economias…

Sexy and the City 3 pode ter acabado, mas a febre por lindas roupas que a franquia da HBO exibiu, não. Assim como a (anti-) heroína Carrie Bradshaw demonstra tendo Manolo Blahniks e Prada, eu aprecio um closet ilimitado e rotativo de roupas de grife e acessórios. Mas diferentemente da Carrie, eu não possuo nenhum destes itens – eu pago por uma “assinatura ilimitada” do Rent the Runway, que permite que eu alugue quaisquer quatro itens por vez. Viva la revolución fashion Rent the Runway é parte da economia compartilhada, que permite que organizações e indivíduos compartilhem ativos físicos subutilizados como serviços. Neste caso, os ativos subutilizados são maravilhosas roupas…

Close