Arquivo de Tags David Ricardo

O ano de 2017 é um marco na história econômica e na história da economia. O golpe de Estado Outubro Vermelho ocorreu, inspirado em Marx, na Rússia há um século. O primeiro volume de "O capital, uma crítica da economia política" de Marx foi publicado há 150 anos. "Os princípios de economia política e tributação" de David Ricardo foi publicado há 200 anos. Golpe fatal ao mercantilismo O bicentenário do livro de Ricardo vale a pena comemorar porque este livro terminou um debate crucial sobre os méritos do comércio  internacional. Os mercantilistas do século 18 acreditavam que uma nação poderia se tornar mais rica através de superávits comerciais – com exportações maiores…

Todo economista sensato é – ou deveria ser – a favor do livre comércio. Digo “deveria ser”, já que não existem argumentos econômicos contrários ao princípio, e que os economistas (insensatos?) que se posicionam contrariamente, o fazem por outras razões que não as de ordem propriamente econômica: defesa do emprego nacional, ausência de reciprocidade por parte dos parceiros comerciais, desequilíbrios setoriais devidos a externalidades negativas em outros setores, etc.; ou seja, argumentos de natureza puramente política, quando não oportunista ou meramente conjuntural. Todos os políticos sensatos afirmam ser – por vezes, enganosamente – a favor do livre comércio; mas, de fato, praticam o mais deslavado protecionismo. Eles o fazem sob…

Você já se perguntou o que leva os países a praticarem comércio exterior? Em teoria, cada país poderia produzir tudo aquilo que consome e não comprar nada de fora; mas esse não é o caminho geralmente escolhido. Vamos entender porquê. Adam Smith demonstrou em 1776 que por conta de cada país ser mais eficiente do que outros na produção de determinados itens, haveria uma tendência - mutuamente benéfica - de cada um concentrar sua mão-de-obra na produção daquilo que faz com mais eficiência, vender o excedente para outros países, e importar todos os demais bens que necessite. Smith estava tentando responder pensadores mercantilistas de seu tempo, que acreditavam que os…

Close
MENUMENU