Arquivo de Tags capitalismo de compadres

Eu concordo plenamente com meus amigos de esquerda que afirmam que corporações querem extrair cada centavo que elas puderem dos consumidores. Eu também concordo (em grande parte) com eles quando dizem que corporações são entidades sem alma que não se importam com as pessoas. Mas depois que eles terminam de desabafar, eu tento educá-los ao apontar que a única maneira das corporações separarem os consumidores e o seu dinheiro é competindo vigorosamente para oferecer bens e serviços desejáveis a preços atrativos. Além disso, a sua busca "sem alma" por este lucro (como explicado por Walter Williams) as levará a ser eficientes e inovadoras, o que estimula a produção total da…

No ano passado, compartilhei o slide de PowerPoint mais deprimente da história dinamarquesa. Em 2011, escrevi sobre uma deprimente imagem da complexidade tributária nos EUA. Vamos continuar com o tema "deprimente" hoje. James Bessen, da Universidade de Direito de Boston, tem um interessante artigo publicado na Harvard Business Review sobre as fontes de lucro das empresas no século 21. Ele começa com uma observação e uma dúvida. Os lucros estão subindo. Isso é uma boa notícia para a sociedade? Presumivelmente, a resposta normal seria sim. Lucros maiores, afinal, são geralmente um sinal de investimentos corretos. E quando mão-de-obra e capital são sabiamente alocados, isso é boa notícia para consumidores e…

Close
MENUMENU