Início Autor
Autor

Marian L. Tupy

  • Em um artigo recente da CapX, minha colega Chelsea Follett escreveu sobre o declínio das taxas de pobreza absoluta. Estes dados são, de fato, animadores, mas o aumento da renda é apenas uma maneira de medir o estado de melhoria da humanidade – não vamos esquecer os outros indicadores. Porque quando se trata de nutrição, expectativa de vida, taxas de mortalidade infantil e educação, grande progresso está sendo alcançado em…

  • O marxismo supostamente deveria ter trazido muitas mudanças positivas, incluindo a criação de uma sociedade sem classes, onde todos viveriam em paz. A estes objetivos ambiciosos poderíamos acrescentar uma redução substancial da quantidade necessária de trabalho do proletariado. Como Rodney G. Peffer, da Universidade de San Diego, colocou em seu livro de 2014, “Marxismo, moralidade e justiça social”: Marx acreditava que a redução do tempo de trabalho (…) era uma…

  • Mais cedo esse ano, o Centro Groningen de Desenvolvimento e Crescimento – CGDC lançou uma nova edição do banco de dados do Projeto Maddison, que fornece informações sobre crescimento global e níveis de renda no curso de longos períodos. A versão de 2018 dos dados abrange 169 países até o ano de 2016. Algumas informações, que tratam de partes da Europa e do Oriente Médio, remontam à época de Cristo.…

  • Albert Einstein supostamente definiu a insanidade como “fazer a mesma coisa repetidas vezes e esperar resultados diferentes.” No entanto, como a implosão econômica da Venezuela nos lembra, parecemos ser incapazes de parar de repetir o mesmo erro terrível: tentar fazer o socialismo funcionar. Para explicar nossa insana fascinação com o socialismo, destaco um crescente conjunto de pesquisas acadêmicas que sugerem que nós somos, naturalmente, invejosos e ressentidos em relação às…

  • O excelente artigo de Robert Colvile tratando da incompreensão do príncipe Charles sobre as causas da pobreza africana oferece uma boa oportunidade para examinar mais de perto a história econômica de África. A pobreza africana não foi causada pelo colonialismo, capitalismo ou pelo livre comércio. Como observei anteriormente, muitas das antigas dependências europeias tornaram-se ricas precisamente porque mantiveram muitas das instituições coloniais e participaram no comércio global. A pobreza africana…

  • A África Subsaariana consiste de 46 países e cobre uma área de 24 km2 milhões. Uma em cada sete pessoas da Terra vive na África, e a proporção que o continente tem da população mundial só tem como crescer porque a taxa de fertilidade na África permanece mais alta do que em outros lugares. Se a tendência atual continuar, haverá mais pessoas na Nigéria do que nos Estados Unidos em…

  • O socialismo está de volta à moda, principalmente entre jovens universitários americanos. Eles são jovens demais para se lembrarem da Guerra Fria, e poucos estudam história. Esse é, portanto, um bom momento para lembrar à geração Y o que o socialismo rendeu – especialmente em alguns dos países mais pobres do mundo. Aqueles de nós que se lembram do início da década de 80, sempre se lembrarão das imagens de…

  • A grande jornalista, novelista e escritora de viagem do século XX Martha Gellhorn (1908 – 1998) estava bem familiarizada com guerras, fome e doença – que ela insistia em ver com seus próprios olhos. Em 1937, ela estava em Madrid e testemunhou o fim obscuro da guerra civil espanhola. Em 1938, ela estava em Praga quando milhares de Tchecos desalojados, que estavam escapando das Sudetas depois do Acordo de Munique,…