Arquivo de Assuntos Mercado de Trabalho

Na última segunda-feira, realizei uma palestra intitulada “As fábricas de suor podem ajudar os pobres do mundo?” para um grupo de estudantes na SOAS University London. O ponto central da palestra era apresentar o raciocínio econômico por trás da determinação e composição dos salários de forma a dissipar os mitos populares que envolvem essas fábricas. Na exposição dos argumentos, eu me vali de um conjunto de evidências que serão familiares aos leitores do EconLib (os salários das fábricas de suor são altos em comparação com as alternativas disponíveis, e com as médias nacionais em muitos países) e que foram aprofundadas no livro Out of Poverty, de Ben Powell. Além disso,…

Subidas no salário mínimo mataram quase tantos empregos de baixa remuneração quanto o colapso econômico. Essa é a conclusão do professor Jeffrey Clemens da University of California-San Diego no complemento que acaba de publicar para seu histórico estudo de 2014. Ele diz que os aumentos no salário mínimo federal de 2006 a 2009 foram responsáveis por 43% do declínio no nível de emprego entre trabalhadores jovens e de baixa qualificação durante a grande recessão. Trabalhadores jovens e de baixa qualificação -- conceito definido como indivíduos entre 16 e 30 sem ensino médio completo -- são os que têm mais chances de ser prejudicados por subidas no salário mínimo porque são…

Esse artigo foi publicado em 2003 tendo em mente ao contexto norte-americano da época. Ele está sendo reproduzido aqui porque a análise que faz da obrigatoriedade da filiação sindical é inteiramente válida quando nos referimos à nossa realidade brasileira, mesmo que os fatos e estudos mencionados digam respeito àquele outro cenário. (N. do E.) Se sindicalização obrigatória fosse submetida a um teste moral, seria reprovada antes do debate. Obrigar um trabalhador a se filiar e pagar para uma organização que ele não quer que o represente é manifesta violência à livre vontade e ao direito de estabelecer contrato desse trabalhador. Acontece que ela também é reprovada no teste econômico, como…

Stephen Hawking, o físico da Universidade de Cambridge e escritor best seller de ciência, diz que a tecnologia está nos trazendo uma "sempre crescente desigualdade".  Ele é um brilhante polímata, mas ele não entende de Economia. Em um fórum aberto no Reddit, Hawking escreveu: Se as máquinas produzem tudo que precisamos, o resultado depende de como as coisas são distribuídas.  Todos podem desfrutar uma vida de diversões luxuosas se a riqueza produzida pela máquina é compartilhada, ou a maioria das pessoas pode acabar miseravelmente pobre se os donos das máquinas obtiverem sucesso em seu lobby contra a redistribuição de riqueza.  Até agora, a tendência tem sido na direção dessa segunda…

Antes de começar essa investigação, precisamos nos fazer uma outra pergunta: o que determina o salário e os benefícios pagos pelo empregador ao empregado? Quais são os fatores que determinam que trabalhador A ganhe X e trabalhador B ganhe Y? Uma resposta rica e completa para essas perguntas demandaria um curso de microeconomia praticamente inteiro. Mas um exemplo simples nos ajudará a entender alguns pontos importantes. Vamos imaginar que Paulo tem uma fábrica e Fábio, sem emprego, visita essa fábrica para uma entrevista. Se for contratado, o trabalho de Fábio aumentará os lucros da fábrica em R$ 3.000 por mês. Então, se Paulo o contrata por qualquer salário abaixo desse,…

Close